sábado, 4 de março de 2017

Melhores TMJ 2016: Melhor Edição de Turma da Mônica Jovem


E enfim chegamos à última categoria! A tão esperada Melhor Edição de Turma da Mônica Jovem :)

Primeiro, o ranking:

1) #90 - "A Torre Inversa: Parte 1"
2) #92 - "A Torre Inversa: Parte 3"
3) #99 - "O Parque Assombrado"
4) #91 - "A Torre Inversa: Parte 2"
5) #94 - "Dentuça, eu?"
6) #95 - "Reinado dos Jovens"
7) #97 - "Eterno Despertar"
8) #1 - "Te Amo Para Sempre!"
9) #96 - "Do Contra e Desencontros"
10) #100 - "Eles Voltaram!"
11) #93 - "Nunca Mais"
12) #98 - "O Apanhador de Pesadelos"



1. #90 - A Torre Inversa: Parte 1

E a melhor edição do ano foi, sem dúvidas, a primeira a ser lançada - a primeira parte da maravilhosa saga A Torre Inversa, primeira edição da segunda temporada da supersaga do Fim do Mundo e edição da revelação do Cavalo Branco da Peste Decadência. Na edição, Penha, a maior inimiga da Mônica, acorda do coma e a Turma toda se reúne para visitá-la. Mas uma misteriosa ameaça surge prometendo espalhar o terror pelo mundo. Será que Penha e a Turma vão conseguir superar suas diferenças e unir forças para saírem vivos dessa? Bem, a sinopse já arrasou corações, então imaginem só a edição em si :3 Foi maravilhosa, o Emerson se superou (novidade...) e trouxe uma das melhores edições não só de 2016, mas de toda a TMJ, com terror, mistério, comédia, páginas pretas... Enfim, foi merecido!



2. #92 - A Torre Inversa: Parte 3

E se a primeira parte da saga foi a melhor edição do ano, a parte final também não poderia ficar muito atrás. A terceira e última parte da saga A Torre Inversa traz a conclusão da batalha de Cascão, Penha, Magali, Cebola e Denise contra o Capitão Feio, ao mesmo tempo em que descobrem sua verdadeira origem. Uma batalha de titãs acontece nas galerias subterrâneas do Bairro das Pitangueiras para decidir o destino da humanidade! Porém, uma reviravolta inesperada faz com que a Penha se veja obrigada a se tornar a nova líder da Turma! E, ainda, a verdadeira origem do vilão é finalmente revelada! Bem... Essa edição pode ser descrita em uma palavra: ÉPICA! Teve Cebonise, teve Cagali ¬¬, teve nove círculos, teve Maga Li, teve Penha líder da Turma, teve Cascão Feio, teve Serpente retornando, teve Cúmulus, teve futuro do Xavecão quase acontecendo, teve tudo isso e muito mais! :3



3. #99 - O Parque Assombrado

E outra edição do Emerson Abreu, a história completa O Parque Assombrado ganha a medalha de bronze, revelando a história da Denise do Futuro (que queríamos saber desde a TMJ 76) e nos trazendo de volta Xavecão, a Terra Encantada do Ursinho Bilu, Xavequinho, e muito mais! Seguindo uma pista do paradeiro da Denise do Futuro, Xavecão leva a turma para a Terra Encantada do Ursinho Bilu, um parque de diversões abandonado que esconde um passado trágico e misterioso. Agora eles são obrigados a sobreviver quatro noites nesse local assustador, enfrentando perigosos bonecos animatronics assombrados. Como dá pra perceber lendo a sinopse, a edição contém referências a Five Nights at Freddy's, que eu não sei direito o que é então não posso falar :v Bem, sobre a história, foi maravilhosa, apesar de ter sido muito corrida devido às poucas páginas que o Emerson teve pra contar a história dele (ele queria que a história fosse em duas partes). Mas, enfim... ele ainda conseguiu fazer um resultado excelente! =D



4. #91 - A Torre Inversa: Parte 2

E pra fechar o ciclo de edições da supersaga, temos a segunda parte de A Torre InversaComeça agora a maior provação da vida do Cascão. Segredos sombrios enterrados há décadas são revelados e a Turma descobre todo o passado macabro do Senhor Samir... E, no meio de toda essa confusão, um inesperado romance começa a surgir... O romance inesperado foi BEM inesperado mesmo, ninguém imaginaria que teríamos Cebola e Denise namorando. Mais um ponto positivo. A revelação da verdadeira identidade do Senhor Samir e seu passado misterioso com Agnes e Bóris? Outro ponto positivo. O mistério da Melissa, o Cebola não morrendo, a Maga Li se revelando, a Casa de Asclépio? Mais pontos positivos! No entanto, essa história acabou ficando em último em relação às do Emerson porque, embora excelente, ficou meio corrida e frenética demais, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo... Mas mesmo assim, o Emerson arrasou! ;)


5. #94 - Dentuça, eu?

Essa história, apesar de ter sido bastante criticada por ~fãs~ e ter sido bem polêmica por conta de uma frase da trama, também foi maravilhosa, uma das melhores do ano. Ao ser atacada por uma estranha doença, Mônica se vê em um difícil dilema: para curar-se, precisará aceitar um tratamento que modificará totalmente sua aparência. Ok, ok, não modificou totalmente a aparência, mas as sinopses são sempre assim, né? Bem, a edição acabou servindo de gatilho para provocar um desentendimento no namoro de Mônica e DC, e posteriormente gerar uma situação que culminaria em seu término, na edição 96. Foi uma edição muito divertida e bem escrita, e mereceu ser uma das primeiras.


6. #95 - Reinado dos Jovens

Quando todos os adultos são paralisados por uma força desconhecida, a Turma Jovem precisa assumir o comando do Bairro do Limoeiro e achar uma cura. Dando uma pausa nas edições de romance e pondo de lado a briga entre Mônica e DC, Marcelo Cassaro coloca a Turma em uma aventura para salvar os adultos, que foram transformados em estátuas por ninguém mais, ninguém menos que as górgonas da mitologia grega. Foi uma história muito boa e divertida, apesar dos trilhões de furos (que a fizeram estar uma posição abaixo da edição 94; se eles não existissem, provavelmente a história seria a quinta do ranking).


7. #97 - Eterno Despertar

A edição 97, Eterno Despertar, escrita por Marcelo Cassaro, também foi maravilhosa. Embora aleatória no universo TMJ (seria melhor uma edição focada nas consequências do término de Mônica e DC, por exemplo - Mônica e Cebola tiveram duas após seu término em Quer namorar comigo?). Mas enfim, uma cena ou outra já serviu para a aproximação de Mônica e Cebola, e ainda tivemos uma grande passagem de tempo que justificaria a volta tão precipitada, em nosso tempo, do casal. E se você nunca mais precisasse dormir? Quando o Cebola perde toda a necessidade de sono, a conquista do mundo pode estar ao seu alcance. Trazendo esse questionamento filosófico, a edição foi maravilhosa, trazendo sobrenatural com uma pitada de cotidiano, e uma brecha para ser explorada em edições futuras).


8. #1 - Te Amo Para Sempre!

A edição que fecha 2016 foi escrita por Flávio Teixeira de Jesus, contando com a história Te Amo Para Sempre!. Ela é a história de estreia da nova fase da Turma da Mônica Jovem, focando no reinício do namoro de Mônica e Cebola (que aconteceu na edição anterior, nº100)... e em uma surpresinha: Cebola vai fazer um intercâmbio na Austrália e passar seis meses lá. Foi uma história muito divertida, trazendo um plano infalível inesquecível do Cebola para se despedir de Mônica antes de sua ida. Finalmente, Cebola e Mônica reatam o namoro. Tudo está indo maravilhosamente bem, até o Cebola receber uma correspondência que pode mudar tudo isso e o que era lindo pode virar um pesadelo. Mas qual será o conteúdo dessa carta que deixou Cebola tão preocupado?


9. #96 - Do Contra e Desencontros

Escrita por Petra Leão, a edição 96, Do Contra e Desencontros, marca o fim do namoro de Mônica e Do Contra, fechando um arco de 29 edições. Na história, após o desentendimento da edição 94 (na edição 95, Mônica e DC superaram a briga para se unirem para salvar os adultos), os dois marcam um encontro para esclarecerem as coisas. No entanto, ao pedir a ajuda de Franja, Mônica acaba se metendo numa fria... Quando Mônica tem sua memória afetada por um bizarro aparelho, Do Contra deverá unir suas forças com Cebola para salvá-la. Mas conseguirá também salvar seu relacionamento com ela? No fim, não conseguiu. Mas o importante é que tudo acabou sem ressentimentos e eles continuam com a amizade, pelo que deu a entender. Saberemos mais detalhes sobre isso agora na edição 3.


10. #100 - Eles Voltaram!

Ah, a edição 100... Uma edição que decepcionou vários fãs. Todos esperavam por uma grande aventura, um crossover com a Turma clássica, ou coisa parecia. Mas, não! O que a MSP encomendou foi uma história de romance focada na volta de Mônica e Cebola! ;P No fim, Petra Leão fez o melhor que pôde com os ingredientes que lhe foram dados, e o resultado foi uma história maravilhosa... para uma edição normal. Já como edição 100... não conseguiu convencer. Um misterioso ser aparece no bairro do Limoeiro. Mas o único que descobrirá quem ele é e o que ele pretende... será VOCÊ, leitor!


11. #93 - Nunca Mais


E a penúltima edição do ranking, uma história mais fraquinha do que as outras, é Nunca Mais, história publicada na edição 93 de TMJ. Logo após a saga da Torre Inversa, tivemos uma história um pouco mais tranquila, após todas as tensões da saga. E, lá vamos nós de novo, no arco desenvolvido por Petra e Cassaro sobre o romance da Mônica... Apesar de a história ter sido um pouco mais fraca (especialmente por ter sido publicada logo após A Torre Inversa), foi importante para o desenrolar da trama, colaborando na redenção do Cebola e em sua reaproximação com Mônica. Como o Cebola vai recuperar o amor da Mônica, se ela desaparecer para sempre da memória de todos?


12. #98 - O Apanhador de Pesadelos

E a edição mais fraquinha do ano é a de número 98, com a história O apanhador de pesadelos. O argumento da trama foi bom, mas a história não foi muito bem desenvolvida, sendo bem fraquinha e talvez infantil demais em alguns momentos. Mas, de qualquer maneira, a história acabou caindo nas graças dos fãs e foi bastante elogiada na internet, especialmente por ter referências à série Stranger Things, super popular nos últimos tempos. A história também contribuiu para a redenção do Cebola, quando o pesadelo do Ciúme o faz aceitar que Mônica não o quer mais - pelo menos, é o que ele pensava... :v A fim de evitar terríveis pesadelos, Cebola e a Turma procuram a ajuda de um antigo conhecido, que lhes oferece auxílio por meio de um apanhador de sonhos. Mas, infelizmente, nem tudo vai sair como todos esperavam...

E essa foi a última categoria do Melhores TMJ 2016, pessoal! Essas semanas foram bem legais, analisando as edições de 2016 de TMJ e CBM mais a fundo, mas agora só no finalzinho do ano! Bem, se tudo der certo, teremos críticas de Chico Bento Moço #41 na segunda-feira e das edições #22 da Turma Clássica na sexta, ok? Até lá! =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos comentários, não:

- comentar palavras chulas (palavrões);
- pedir exibição da revista online;
- ser grosseiro;
- comentar spoilers das revistas antes do dia 10 do mês seguinte à publicação.