segunda-feira, 27 de julho de 2015

Palpites: TMJ #84 - Herdeiros da Terra (Parte 2)

Sim, mais um post de palpites da TMJ saindo do forno. O último foi da primeira parte da saga "Sombras do Futuro" (TMJ 78), e agora estou de volta pra comentar principalmente sobre a suposta aparição da Serpente e o beijo Zecanise (torço pra Xavenise, mas achei que combinou bem com todo o contexto).

Vamos começar: acho que a ed. vai ter um início bem sombrio com a Rosinha indo até o poço e falando as frases desse teaser e desse aqui também, sendo que aí vai aparecer uma fala negra (tipo aquelas que apareciam quando o Capitão Feio falava na Turminha Clássica), respondendo "Estou sim... Pode entrar...". Aí vai cortar pra casa do Nhô Lau, com a turma comentando a aventura e ficando com medo do que vai acontecer, e falando esse teaser aqui pro coitado do velho. Franja também aparece dizendo que conseguiu examinar o líquido (isso, através da Rosinha, que ainda estava um pouco molhada, sei lá) e descobriu sua característica mais misteriosa - ele consegue entrar na alma, algo assim. Chico se desespera e todos percebem que Rosinha sumiu, indo atrás dela. Franja fica, e aí Nhô Lau pergunta porque e ele responde que tem algo a fazer...

Então a turma vai até o poço e vê a Rosinha quase descendo, mas impedem ela, que sai do "transe". Então, Mônica grita ao ver o rosto da garota e ela pergunta pro Chico se tem algo no rosto dela, que está bem "preto". Eles não dizem nada, mas ela volta ao "transe" e diz que em pouco tempo deixará de existir. A turma se desespera e volta para casa. Franja mostra que encontrou esculturas sumerianas parecidas com os aliens, deduzindo que eles influenciaram todas as civilizações antigas. Então, Franja sugere que eles enfrentem os aliens no céu ligando pro Astronauta vir buscá-los (em um momento de "zoeira"). Ele chega e a turma vai com ele na nave, contando tudo sobre os Tombas.

Então, todos conversam e Astronauta diz que eles devem enfrentar os Tombas em seu planeta. Aí ele comanda a nave para lá e, quando todos finalmente chegam, Rosinha afirma que está ouvindo mais vozes, sobre o nível mais subterrâneo da realidade e sobre a ed. de Sombras do Passado. Todos se desesperam, e Astronauta afirma que eles já chegaram a Tomba. Lá, todos se preparam para enfrentar os alienígenas, quando de repente Do Contra diz que não adianta, não há nada pra fazer, o mundo já está condenado. Denise desconfia e Mônica o questiona. DC revela que não é DC, mas um Tomba, explicando o porquê de eles parecerem o Cascão: os alienígenas têm um grande poder, de se transformar em outras pessoas. Então, Mônica se lembra daquela vez na infância, sobre o Cascão e tal... Aí, de repente, dá uma inversão gravitacional, e a turma deduz que eles estão ali.


Começa uma batalha, e Mônica se desespera com o sumiço de Do Contra, que está ainda lá na Terra (ou não). A turma acaba perdendo a guerra e todos são levados pelos Tombas. Lá no cativeiro, eles revelam toda a história deles: eles surgiram no planeta Terra muito tempo atrás, antes de todos os outros seres. Lá, eles já eram espécies inteligentes e criaram muitas coisas, com a inversão gravitacional e as naves de ouro. Porém, as outras espécies acabaram surgindo e eles, que não queriam se misturar, migraram para outro planeta (que nem se chama Tomba, mas outro nome lá). Chico os questiona sobre Rosinha, e os alienígenas dizem que ela está perdendo a alma cada vez mais e ajudará no fim do mundo, onde os "aliens" ficarão com tudo. Mônica pergunta como, e os alienígenas revelam que tudo será feito pelo mal que surgiu antes dos homens.

Então, Denise se desespera e acusa um alien de ser a Serpente, mas ele nega, dizendo que eles apenas são servos dela e que a ajudarão no fim do mundo para ficar com tudo. Então, Rosinha percebe que não está mais conseguindo respirar. Chico se desespera e tenta salvá-la. Uma batalha começa, e os aliens botam fogo em tudo. Chico tenta salvar Rosinha, e ela acaba perdendo a alma, ficando com a boca aberta e os olhos brancos. O garoto se desespera e acusa os aliens. A turma o aconselha a fugir, mas os alienígenas ainda os capturam e, nessa hora, Denise beija Zeca. Astronauta, porém, consegue fugir e aciona um comando da nave, que começa a se autodestruir. A galera tenta fugir, mas Mônica afirma que eles não podem sair sem o DC e eles voltam.

Então, eles voltam à "cidade" central do planeta, e, depois de muita procura, conseguem encontrar o verdadeiro Do Contra, que revela o que ouviu sobre a volta para a Terra - tudo aconteceu porque o planeta estava escasso. Por isso que os alienígenas voltaram para dialogar com as civilizações antigas, mas não conseguiram nada (já que eles só estavam "dormindo" por causa de algo que deu errado). Então, a turma ainda consegue, graças ao DC (que ouviu bastante coisa sobre os Tombas), desintegrar todo o planeta Tomba. Depois eles ainda voltam pra Terra e o Do Contra, depois de devolver a alma da Rosinha com técnicas que aprendeu ouvindo os Tombas e revela também sobre o plano da Serpente, os quatro cavalos e tal... Aí, Denise se lembra das duas vezes em que ouviu alguém falando sobre cavalos, em Sombras do Passado e Umbra: a Penha e a Jumenta Voadora. Ela deduz que ambas fizeram pacto com a Serpente e que novos cavalos podem surgir. Todos se apavoram no começo, mas dizem que enfrentarão os cavalos e a Serpente para salvar o mundo dos Tombas... E, aí, o Franja afirma que eles precisam se preparar, pois... A SERPENTE ESTÁ VOLTANDO!!

E aí? Gostam da teoria? Comentem as suas!! o/

sábado, 25 de julho de 2015

Após um mês, Chico Bento Moço retorna às bancas

A edição nº22 de Chico Bento Moço, como todos sabem, foi lançada em Maio (aliás, só chegou em Junho, mas vamos contar o mês "oficial"). Em Junho, nenhuma revista foi lançada, já que houve um atraso (as revistas só chegavam lá para o dia 20, era melhor mesmo que eles fizessem isso :P).

Com isso, a edição nº23, "Á Árvore da Vida", escrita por Wagner Bonilla (que também escreveu a edição nº22, "Bravura Indomável"), só chegará às bancas em Agosto (apesar de ser, oficialmente, de Julho).


Na capa, lançada no dia 22, podemos ver que Chico BentoRosinha Zé Lelé (sim, aquele é o Zé, sem chapéu) ganharam novos traços, muito bonitos, parecendo mais novos do que antes.

Além disso, a capa está clara, bonita e ensolarada (diferentemente da capa de TMJ nº84, a conclusão de "Herdeiros da Terra"), e conta com uma pipa e uma árvore (a Árvore da Vida) atrás dos personagens. A faixa branca, que foi também adotada pelos gibis da Turminha, continua.

O símbolo Mauricio 80, adotado na edição nº22, também continua. E aí? Quem já está ansioso para ler a revista e voltar a se deliciar com as aventuras de Chico Bento (quer dizer, muita gente nem sentiu falta, já que ele apareceu em "Herdeiros da Terra", mas...)?

sábado, 18 de julho de 2015

Lançamentos MSP no 2º semestre de 2015

Os 80 anos do Mauricio estão trazendo muitas comemorações! Muitas novas publicações estão sendo reveladas aos poucos!

Primeiro falamos da Graphic MSP: Turma da Mônica - Lições, a continuação de Laços (2013). Nesse volume, a turma apronta na escola e sofre as consequências.


Além disso, aproveitando a entrada de O Pequeno Príncipe em domínio público, a Turma lançou uma edição especial da clássica história.#TuTeTornasEternamenteResponsávelPorAquiloQueCativas


E quem se esquecer dessa não é fã da Turma! A clássica Mônica é daltônica? foi redesenhada por Odilon Moraes em uma coleção que reviverá clássicos da Turma escritos por Mauricio de Sousa. Quem vai acompanhar? o/


E quem é fã mesmo do Mauricio não pode deixar de comprar essa: a Coleção Histórica - Mauricio, que compilará as histórias de Mauricio de Sousa emBidu e Zaz Traz (incluindo a estreia de Cebolinha, em uma história da revista Zaz Traz #4)! Ninguém vai perder, né?


E é isso, gente! Espero que tenham gostado, até o próximo post! o/