segunda-feira, 5 de maio de 2014

Turma da Mônica Jovem nº69


Nessa postagem comento sobre "Turma da Mônica Jovem nº69", já nas bancas.

A capa da edição não foi muito boa, digo. Claro, a ideia do Zazo foi boa, mas ficaria melhor tipo a da Turma da Mônica Jovem #34 - Quer Namorar Comigo?, com eles se beijando. Imagina! A Mônica e o Do Contra se beijando, como arte de capa... Ficaria mais bonito e também com um fundo melhor. Sei lá, a capa mereceu um 8,0. Além do mais, o DC está parecendo mais velho e o cabelo dele ficou beeeem estranho. Sei lá...


Agora, vou começar com a história. Na maioria das vezes, eu leio o preview no site e na revista leio a parte em que li no site. Com essa edição também foi. O Cascão e o Cebola brigando, tals... Ficou muito legal! O Cascão listou as meninas com quem o Cebola ficou meio que admirando: Brisa, Lucília, Bianca e Amanda. Só faltou uma menina aí na lista. Não sabe quem? Então vá pesquisar, porque a Hortênsia fulana é bem conhecida aí nas redes sociais. Bom, agora eu tenho um comentário na edição da LucíliaTurma da Mônica Jovem #13 e #14 - O Dono do Mundo. Ela - que é a professora Ana Paula, na realidade, adorava coelhinhos. O Cebola pensou que era a Mônica. Né?! Então acho que podemos tirar da lista.


Agora, passo para a segunda cena da revista, com a Mônica. Sabe, essa lanchonete aparece sempre mentira, ela apareceu uma ou duas vezes no máximo e acho que ela podia ser mais aproveitada. Estranho, a Denise aparece em várias edições e seu 'habitat natural'é o shopping, que quase nunca aparece. Só umas dez, quinze edições. E para as 69 edições da turma, é pouco. Bom, a Magali diz para a Mônica que "ela e o Cebola vão ficar juntos de qualquer jeito" "ela não gosta do DC"... Bom, pra mim, tudo o que ela disse tá certo (menos aquela coisa de predestinados...). A Mônica não gosta realmente do DC, pelo que eu vejo. Ela só admira ele porque ele enxerga suas qualidades. E aí que está o pior problema do DC: ele superestima demais! Claro, o Cebola não ajuda nada muito, mas o DC também não. Superestimar não é bom!


Depois, a Mônica saiu correndo da lanchonete Turma da Mônica Jovem #70: A Teimosia da Mônica e acaba encontrando a Denise. A gatz fofoqueira da turma diz a ela que Mônica não deveria pensar muito na decisão. Acho que também não. Ou ela ama, ou não ama. E pelo que eu vi na edição, a opção 1) é o Cebola e a opção 2) o Do Contra. É sério! Bom, o Do Contra conversa com o seu único amigo se eu fosse ele deixaria o Toni no vácuo Toni. O bully dá provas de que ainda não desistiu da Mônica. Certo, ele ia usá-la (e muito!) mas pelo jeito pode gostar dela de verdade. Claro que eu duvido, mas, né...


E é aí que o Do Contra encontra a Mônica no shopping. Nossa! Foi uma confusão, sorte que eles conseguiram escapar da turma. Fala sério, que enxeridos! Até a Marina! Bom, as cenas deles se escondendo ficaram muito engraçadas. Principalmente aquela em que o DC e a Mônica se vestem como se estivessem na lanchonete, né? Foi demais! Aí, eles fogem. Ufa! E então, a cena do preview: a Mônica e o Do Contra se abraçam e o Cebola... vê tudo?! Que previsível! Bom, aí ele decide pensar no que o Cascão falou e que ele interpretou de cabeça pra baixo, achando que a Mônica tinha feito um plano, como na edição #34. Assim, Cebola avisa para a Mônica que não ligava para o namoro dela com o DC (página de rosto da edição): "Eu não ligo!"


A Mônica até sofre um pouco, porque ainda gostava do Cebola. Mas, por causa da decisão dele, decide ficar com o Do Contra. Certo, eu fiquei morrendo de pena do Cebola (porque, se ele tivesse se tocado desde o início, teria feito um grande plano para a edição ser em duas partes para conquistar a Mônica. Né?!). Olha, gente... ele fez uma burrice, errou, só isso... "Errar é humano, perdoar é felino"! Bom, aí foi uma pena do Cebola... Ele nem teve culpa, né? Claro, sou #teammôXcê e aí fica meio pesada a minha opinião, mas é isso. Até se fosse#teammôXdc acho que ficaria um pouco de pena do Cebola.


O Do Contra, como já disse, superestima demais a Mônica e o Cebola subestima demais a Mônica. A superestima do Do Contra eu já percebo o que é: um grande defeito, porque elenão quer enxergar os defeitos da Mônica e ela fica, assim, magoada com o Cebola porque ele só enxerga seus defeitos e com razão. Apesar de ser #teamCebola, eu acho que ele devia maneirar um pouquinho. Ele só enxergar os defeitos é uma maneira de não se sentir subestimado por ela, e acho que ele não deve pensar tanto em como está magoando ela.


A última cena me tocou. O Cebola acaba percebendo que tinha, sim, um plano. Mas nem da Mônica, nem do DC e nem do Xaveco. Era da Magali! Eu até estranhei ela falar sobre o "beijo não deveria mais acontecer" e tals no início, até porque a Mônica deveria tomar sua própria decisão, e a Magali não estava torcendo por nenhum dos dois. Ela estava tipo que #indecisa ou #teamMônica, só torcendo para ela ficar feliz. Eu gostei da atitude da Magali, e o Cebola finalmente entendeu a realidade: ele precisa batalhar para conseguir a Mônica. E eu acho que é isso que vai acontecer nas próximas edições, como a #70, onde desconfio que ele vai deixar o bichinho na porta da Mônica. É sério, eu fiquei com uma pena do Cebola na última página da edição do tamanho da pena que senti da Mônica no fim da edição #51.


Na edição #70... "Um estranho bichinho é deixado à porta da Mônica. Ela e Do Contra aceitam o desafio de criá-lo, mas descobrem que a tarefa é mais complicada e perigosa do que parecia."