segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Chico Bento Moço nº6

Com a contra-capa revelada, todos achavam que o Chico ia se mudar para a república onde está a Francis. Mas, vem aí a surpresa: não foi! Tudo começa com um sonho do Chico, que ele estava lá na roça, e, de repente, aparece a Geada. Achei que seria um tema interessante para novas histórias. Por exemplo, na edição em que todos se encontrarem nas férias, poderia ter um tema ali. Por falar em "todos", estou sentindo falta do Zé da Roça e Hiro. Eles só apareceram na edição #01 e na #05, mas em ambas foram só um tipo de "participação especial". Do núcleo da roça nem senti tanto, mesmo porque apareceu nas edições #01, #02, #04, #05, e, na próxima, a #07.


Na história em si, o Chico percebe que vai ter que se mudar porque o aluguel do apartamento onde mora com Jura, Jácomo e Lee está caro. Os três ficam muito chateados - principalmente Lee, que, por incrível que pareça, fala palavrão. Tá, não foi um "palavrão", e sim aqueles símbolos que também aparecem até nos gibis da Turminha. O foco da história é a busca de Chico por uma república boa. O Vespa e o Marcellus devem ser participações boas nas próximas edições! Vai ser muito legal, os dois são personagens incríveis!


A Francis apareceu na edição, apesar de não ter o foco, e foi até legal. As repúblicas que o Chico ficou durante o "troca-troca" foram meio... Malucas. Só que todas exageraram na maluquice. Ou era sossego demais, ou bagunça demais, ou isso e aquilo demais. Quando estava no finalzinho, eu achei que o Chico já havia voltado para a república do Jura, mas depois percebi que continuava na Energia Verde. Será que Jura, Jácomo e Lee aparecerão nas próximas histórias?

Nota: 8,0